Maria vai com as outras

  Indicação do livro: Maria vai com as outras. História e ilustrações de Sylvia Orthof. Editora Ática.

Alguns livros são lidos tantas vezes, que já sabemos algumas frases de cor só em ver a ilustração, como esse da Sylvia Orthof. Bernardo ainda era do Pré II e lembro que fiquei muito feliz quando a professora pediu, porque era um livro da lista dos preferidos. E essa lista nunca diminui…

É um tema sempre atual no diálogo com os pequenos, em qualquer idade. Mas para mim, foi bastante oportuno na fase em que estão agora, tendo vontades que nem sempre são deles.

Na história, Maria, uma ovelhinha, ia aonde todas as outras ovelhas iam. Se Continue lendo “Maria vai com as outras”

Casas

Indicação do livro: Casas. Autora Roseana Murray e Desenhos de Tibúrcio. Editora Formato.

Sabe quando nos apaixonamos por algo, mesmo sem ter conhecido, de tanto ouvir falar bem? É esse caso aqui. A Nina, nossa amiga colaboradora, me fala tanto da Roseana Murray, tão bem, que fui atrás dos seus títulos. Claro que encontrei! Na biblioteca pública, vejam que maravilha! Uma coleção dos livros poéticos da autora. Com certeza não têm todos, mas o suficiente para me encantar e confirmar tudo aquilo que nossa amiga Nina contou. Que delicadeza para escrever! Poesias com emoções e sentimentos como descrito em seu livro. A poesia me faz parar um pouco, desacelerar. Ler duas, três vezes para compreender, sentir, entrar em mim. E esse livro foi o primeiro que chamou minha atenção. Apesar da Nina ter indicado outros dois para começar rsrs.

Casas… O livro é uma casa, a casa de tudo. Tem gente que não tem casa, Continue lendo “Casas”

Tenho Monstros na Barriga

 

 

 

 

 

 

Indicação do livro: Tenho monstros na barriga. Autora e ilustradora Tonia Casarin, Fundação Lemann.

Lavínia usou esse livro no projeto Bibliotecando ano passado. A autora esteve na escola, fez uma contação de história e autografou os exemplares dos alunos. É um livro bem bacana para ler várias e várias vezes. Ele é bem explicativo para questionarmos os monstrinhos dos nossos pequenos e ainda incentivá-los a desenhar aquilo que os aflige em várias situações do dia a dia. Um desenho pode explicar muitos sentimentos das crianças.

Marcelo é uma criança que dizia ter um monte de coisas na barriga, mas não sabia explicar o que era. A mãe sempre achava que era fome ou vontade de ir ao banheiro e tentava de tudo para ajudar o filho.

Continue lendo “Tenho Monstros na Barriga”

O Giz Vermelho

 

 

 

 

 

 

Indicação do livro: O Giz vermelho. Texto de Iris Van der Heide, Ilustrações Lindas de Marije Tolman. Editora Fontes.

Compramos esse livro na 20ª edição da FNLIJ, a feira de livros para crianças e jovens. A vendedora me convenceu dizendo que o livro valia a pena. E realmente valeu!!

Uma história simples, mas de grande aprendizado!

Sara aborrecida com seu giz vermelho, não se conformava que não podia riscar a rua porque era irregular. Resolveu trocar pelas bolinhas de gude do amigo Tim, mas achou que não tinha graça nenhuma. Correu para praia e viu a amiga Sam, segurando um pirulito vermelho e brilhante, quis logo trocar Continue lendo “O Giz Vermelho”

Sonhando Santos Dumont…

Indicação dos livros: Sonhando Santos Dumont de Sylvia Orthof, Belas e delicadas ilustrações de Rosana Urbes, Editora Nova Fronteira e Coleção Crianças Famosas da Editora Callis.

O fascínio por Alberto Santos Dumont continua aqui em casa. Lavínia já tinha trazido o livro da Coleção Crianças Famosas e essa semana Bernardo trouxe novamente. E ainda temos em casa Sonhando Santos Dumont, que Sylvia Orthof estava inspirada quando escreveu esse livro, como tantos outros, né?! Um livro completa o outro, o estudo na infância e a fase adulta das realizações.

Alberto nasceu dia 20/7/1873, no dia do aniversário do pai, em Cabangu, MG. Seu pai era engenheiro e tomava conta da construção de uma estrada de ferro. Quando finalizou a construção, a família deixou o sítio e foram morar no Rio de Janeiro. Pouco tempo depois, foram morar em São Paulo numa linda fazenda de café. Neste dia da mudança, Alberto viajou de trem pela 1ª vez e Continue lendo “Sonhando Santos Dumont…”

Um gol de placa!

Indicação do livro: Um gol de placa. Texto de Pedro Bandeira e Ilustrações de Adilson Farias. Editora Moderna.

Época de Copa do Mundo temos que aproveitar o tema para incentivar. E hoje Brasil vencedor, achei uma ótima escolha. Esse livro foi escolhido “a dedo” pelo Bernardo na bienal do ano passado. E ficou ainda mais especial porque foi autografado pelo Pedro Bandeira, com direito a foto e tudo! Que alegria maior! Bernardo leu sozinho o livro quando chegou em casa e fiquei ainda mais feliz, valeu a pena o investimento e a fila que enfrentamos para autografá-lo! E esses livros mais especiais são todos encapados, para que continuem novos e bonitos por bastante tempo. Quando sobram uns trocados, aproveito para comprar plástico transparente, minha vontade é encapar todos, para que possam durar muito e outras crianças possam ler também. Já consegui encapar a maioria.

Pedro Bandeira já começa o livro dizendo “Nenhum dos meninos daquela rua era rico. Mas tinham uma grande fortuna: o campinho de futebol!”. E como gostaria que Bernardo vivesse nesse tempo de campinhos de futebol, de terra batida mesmo, como era há um tempo. Hoje ainda temos isso em alguns bairros, mas por aqui, infelizmente não… O encontro de toda semana das crianças, o time já formado com zagueiro, líder, capitão… A torcida dos pais e de outros irmãos…

Continue lendo “Um gol de placa!”

A vaca fotógrafa

Indicação do livro: A Vaca fotógrafa. Texto de Adriano Messias e Ilustrações de Jean-Claude R. Alphen. Editora Positivo.

Como eu gostei desse livro! Não tem nada de grandes novidades, mas aqui em casa nós rimos e nos divertimos com as ilustrações, que são um charme a parte. Me apaixonei pelos desenhos de Jean-Claude, vou até pesquisar outros livros dele.

Uma história simples, repetitiva, que auxilia na fase de alfabetização também.

Continue lendo “A vaca fotógrafa”

Eu não sei arrumar, eu só sei bagunçar!

 

 

 

 

 

 

Indicação do livro: Eu não sei arrumar, eu só sei bagunçar! Texto de Anna Muylaert e Ilustrações de Ziraldo. Editora Melhoramentos.

Essa história foi muito pertinente aqui em casa rsrs! Infelizmente o livro não é nosso, mas creio ser um bom investimento para quem tem crianças em casa. Sabe aquela chamada semanal, talvez até diária, principalmente das mães com os filhos, para arrumar os brinquedos, as bolas, os livros, as roupas, o quarto?? Que os filhos sempre respondem: “Já vou mãe”… “Daqui a pouco mãe”… “Amanhã mãe”… E nós, mães, temos que ter todo jeitinho e bastante paciência para explicar que fazer certas coisas é para o bem deles também!

Continue lendo “Eu não sei arrumar, eu só sei bagunçar!”

Bisa Bia Bisa Bel

Indicação do livro: Bisa Bia Bisa Bel de Ana Maria Machado, Ilustrações de Regina Yolanda. Editora Salamandra.

Linda história! Envolvente! Não foi à toa que ganhou tantos prêmios. Em 1984 ganhou como “Melhor livro infantil do biênio”. E continua bastante atual, com várias edições.

É um livro para ser lido por nós pais, ou quando a criança já se interessa por histórias maiores, com poucas figuras. Pode ser aquele livro para lermos e contarmos a história para as crianças depois. Pelo menos para mim, que não sou boa para inventar histórias. Tenho um bloqueio para criar, dá um branco danando! Invenções aqui em casa só o pai mesmo.

Uma menina, aprendendo a conviver consigo mesma a partir do convívio com sua bisavó (Bisa Bia) e também com sua bisneta (Bisa Bel). Isso mesmo, bisa Bia e Bisa Bel vivem dentro de Isabel! É uma história divertida, meio enigmática, curiosa. Uma recuperação do tempo passado e antecipação do tempo futuro, onde Isabel descobre seu tempo presente.

Continue lendo “Bisa Bia Bisa Bel”